Calle Lanin: a colorida rua do bairro de barracas

Calle Lanín: a colorida rua de Barracas

A Calle Lanín, ou Pasaje Lanín tornou-se nos últimos anos um dos cartões postais mais coloridos de Buenos Aires. Localizada no bairro de Barracas, é como se fosse a prima do Caminito!

São três quadras com casas cujas fachadas foram cobertas mosaicos coloridos. O autor da obra é o artista plástico Marino Santa María.

Calle-Lanin-Marino-Santa-Maria

Calle Lanín: história

A calle Lanín é uma rua bem pequena, escondida entre os grandes galpões do antigo bairro de Barracas. Ainda assim ficou super famosa!

Foi lá que nasceu Marino Santa, o artista plástico que decidiu pintar a frente de sua casa. Lugar que, mais tarde, também instalou o seu ateliê, no número 33 da mesma rua.

Em resumo, a ideia agradou os vizinhos. Aos poucos, eles foram pedindo que o artista também enfeitasse as fachadas de suas casas. O ano era 2001 e, com o tempo, a rua acabou virando um colorido museu a céu aberto.

Por outro lado, o sol, a chuva e a passagem do tempo foram desbotando a obra, até que ele decidiu usar mosaicos. Hoje, a rua é uma das obras de arte públicas mais importantes da cidade, apoiada pelo Ministério da Cultura argentino, pela Unesco e pelo Museo Nacional de Belas Artes.

calle-lanin-marino-santa-maria

São cerca de 40 casas entre a Rua Brandsen e a Avenida Suárez coloridas com diferentes formas levando em conta o estilo de cada edifício e o gosto de seus donos. Não se sabe da existência de outra rua assim na América Latina.

Além das fachadas das casas, ao final da rua, por onde passa a linha do trem, um paredão de tijolo foi restaurado pelo artista e recebe exposições de arte.

Calle Lanín: técnica

calle-lanin-oficina-de-mosaico para criancas

O artista usa azulejos e vidros coloridos em uma técnica conhecida como trencadís.  Esta técnica que também foi muito usada no modernismo catalão, cujo nome mais conhecido é Antoni Gaudí.

Trencat, em catalão, quer dizer quebrado. As vantagens do trencadís incluem a rápida aplicação, a grande espontaneidade de desenho. Por fim, o fato de permitir a utilização de restos de materiais que de outra forma não seriam aproveitáveis.

Calle Lanín: atelier

calle-lanin-espaco-de-exposicoes

Marino Santa Maria mantém seu atelier na Calle Lanín, onde ensina esta técnica para adultos e crianças. Santa Maria é o artista responsável também por outras intervenções famosas de Buenos Aires. 

Entre elas estão o retrato de Carlos Gardel na Pasaje Zelaya, em Abasto, murais nos subtes, nas linhas  H e C, e um mural de mosaico em homenagem ao movimento das mães da Plaza de Mayo, que lutam na justiça por seus filhos desaparecidos durante a ditadura militar, entre as ruas Alsina e Sáenz Peña, no Centro, para citar alguns.

Se está planejando sua viagem a Buenos Aires te recomendamos BAIXAR NOSSO APLICATIVO com dicas, lista de restaurantes, hotéis e passeios, se inscrever em nosso CANAL DO YOUTUBE com vídeos e dicas semanais e nos SEGUIR NO INSTAGRAM para acompanhar nossos posts direto de Buenos Aires.

Tem alguma dúvida?

Mês da viagem

Nome

Email

Duvida

Deseja receber nossas ofertas?

By |2018-11-06T19:42:46+00:00novembro 6th, 2018|Categories: Blog|Tags: , |Comentários desativados em Calle Lanin: a colorida rua do bairro de barracas

About the Author:

Gisele Teixeira
Jornalista, gaúcha de nascimento e do mundo por opção, vive em Buenos Aires há 10 anos. É editora do blog Aquí me Quedo, declarado de interesse cultural pela Legislatura Portenha em 2015. Das coisas que mais gosta na vida: dançar tango, escrever, fotografar e viajar. É casada com o Edu e tem dois gatos, a Tita e o Polaco.