Guarda bagagem em Buenos Aires: tem mas tá faltando!

Uma consulta muito frequente aqui no blog é sobre guarda bagagem em Buenos Aires. Muita gente quer saber se os aeroportos argentinos contam com esse serviço, que às vezes salva a vida de quem tem algumas horas para aproveitar na cidade, mas pode acabar desistindo por causa do incômodo de carregar malas e mochilas.

Guarda bagagem em Buenos Aires:

tem, mas tá faltando!

E a resposta para a dúvida geral é: – Tem, mas tá faltando! É isso mesmo! Por incrível que pareça, o Aeroparque Jorge Newbery dispõe de equipamentos do tipo guarda bagagem, mas o serviço está desativado!

No caso do aeroporto de Ezeiza a situação é ainda mais decepcionante: apesar de estar em reformas há um bom tempo, com um plano de ampliação que deve ser concluído só em 2021, o aeroporto não dispõe desse tipo de serviço!

Guarda bagagem em Buenos Aires: hotéis

É importante ter em conta que muitas vezes os próprios hotéis oferecem a opção de guardar as bagagens dos hóspedes depois do check out ou antes do check in. Mas nem todo mundo fica em hotel e é principalmente nesses casos que os guarda volumes são mais necessários.

Guarda bagagem em Buenos Aires:

Palermo sai na frente

Apesar da falha dos aeroportos, nem tudo está perdido. Pelo menos para quem se hospeda em Palermo, temos uma boa notícia: o Luggage StorageBa, que oferece tanto lockers para guardar pequenos volumes, quanto a opção de deixar guardadas as bagagens propriamente ditas – malas, mochilas, caixas etc.

Guarda bagagem em Buenos Aires: tabela de preços

Os preços, claro, variam de acordo com o serviço contratado, considerando os tamanhos e o tempo solicitado. Veja a tabela:

Preços do guarda bagagem:

Tamanho              Hora                       Dia                       Semana                  Mês

Grande                70,00 AR$           200,00 AR$            600,00 AR$         2000,00 AR$

Medio                  60,00 AR$           180,00 AR$            540,00 AR$          1800,00 AR$

Locker                      –                         120,00 AR $           360,00 AR$          1200,00 AR$

Guarda bagagem em Buenos Aires e outros serviços

guarda-bagagem-em-Buenos-Aires-palermo02

A reserva do serviço de guarda bagagem de Palermo pode ser feita online e, caso você deseje, pode acrescentar a opção busca de bagagem e eles vão pegar as malas no local que você indicar. Mas se você preferir pode ir diretamente à loja, que oferece também serviço de wi fi e impressão de passagens. O Luggage StorageBa fica na rua Nicarágua, 4806 e funciona de segunda a domingo, das 9h às 20h.

Guarda bagagem em Buenos Aires: StorageBA

Há também outra opção para quem precisa de um guarda bagagem em Buenos Aires, a StorageBa. Nesse caso, o serviço é mais adequado para turistas que estão em Buenos Aires e vão viajar por alguns dias. Eles não possuem uma loja física para atendimento, por isso vão buscar suas bagagens no endereço desejado. O inconveniente é que a página está em inglês e os preços, em dólares.

Guarda bagagem em Buenos Aires: contatos da StorageBA

guarda-bagagem-em-Buenos-Aires-Storage

Todo o contato com a StorageBA é feito pelo celular (+5411) 5852.8509 ou pelo e-mail info@bataxis.com. Os preços variam de 20 dólares por semana (até 3 bolsas ou malas) e 50 dólares por mês (até 3 bolsas ou malas). Mais informações aqui.

Se está planejando sua viagem a Buenos Aires te recomendamos BAIXAR NOSSO APLICATIVO com dicas, lista de restaurantes, hotéis e passeios, se inscrever em nosso CANAL DO YOUTUBE com vídeos e dicas semanais e nos SEGUIR NO INSTAGRAM para acompanhar nossos posts direto de Buenos Aires.

Tem alguma dúvida?

Nome

Email

Mês da viagem

Duvida

Deseja receber nossas ofertas?

About the Author:

Adriana Albuquerque
Piauiense de nascimento, cearense de coração e casada com um portenho, Adriana adotou Buenos Aires há 7 anos. Ela é formada Comunicação Social, e mãe de uma adolescente e de um filho pequeno. Uniu-se à equipe da Aguiar para produzir posts para o blog e hoje é a nossa redatora mais ativa. Provavelmente você já leu e anotou uma dicas que ela passou. Apaixonada pelo Brasil, aprendeu a amar também Buenos Aires. Já não pode viver sem mate, o chimarrão local. Adora ler, comer e viajar.