Teatro Ciego: conheça o teatro totalmente no escuro

 

O Centro Argentino de Teatro Ciego é o único teatro do mundo em que todos os espetáculos são realizados em total escuridão. Eles te desafiam desde o princípio, com uma pergunta intrigante já quando você vai comprar as entradas: o que você vê quando você não vê? E te dão várias possibilidades de encontrar a resposta.  Neste momento, estão em cartaz nove espetáculos realizados na absoluta escuridão, que vão desde uma proposta gourmet até montagens infantis, passando por um show de magia e musicais. A equipe é de 70 pessoas, sendo que 40% são cegos ou possuem alguma deficiência visual. As exibições são realizadas no bairro do Abasto. 

 

teataro-ciego-4

 

CONHEÇA O TEATRO CIEGO, TOTALMENTE NO ESCURO

 

Na Argentina, a técnica do Teatro Ciego surgiu em Córdoba, em 1991, quando Ricardo Sued, inspirado nas meditações no escuro praticadas nos templos zen tibetanos, decide realizar una obra de teatro totalmente no escuro. Em 2001, Gerardo Bentatti, ex-membro deste elenco, chama a José Menchaca para dirigir uma nova obra de teatro, nas mesmas condições. Este elenco era formado em sua maioria por atores cegos, membros do grupo de leitura da Biblioteca Argentina para Cegos, em função de terem muita habilidade para se mover em espaços sem luz. Um ano depois eles estrearam “La isla desierta”, de Roberto Arlt. A partir daí, não pararam mais. Gerardo Bentatti e Martín Bondone inauguraram o Centro Argentino de Teatro Ciego em 4 de julho de 2008.

 

teatro-ciego

c

Leia nosso post especial sobre acessibilidade

 

 A CIEGAS GOURMET: A VERSÃO GASTRONÔMICA

 

Eu já fui duas vezes no A Ciegas Gourmet, único espetáculo em Buenos Aires que combina um jantar-degustação no escuro com uma obra de teatro e música ao vivo. A peça conta uma história que se passa em um típico bar de Buenos Aires dos anos de 1940, no bairro do Abasto. E os personagens narram diferentes histórias de amor. Mas isso não é o mais importante! O que realmente interessa nesta proposta é o que você sente estando no escuro e as sensações que o fato de não ver nada te despertam. Comer, caminhar, escutar, conversar: tudo o que você faz “`às cegas” ganha outra dimensão! Não vou contar detalhes para não estragar a surpresa.

 

teatro-a-ciega-jantar

 

A única coisa que adianto é que, uma vez na sala, não se vê absolutamente nada mesmo! A gente agudiza os sentidos para perceber os olores, o tato, os sons, as outras pessoas, a respiração. O jantar é composto de espetinhos, que se come da esquerda para a direita, acompanhados de pão, água e vinho. Há menu específico para vegetarianos e veganos, mas é preciso avisar com antecipação.

As ceias em total escuridão surgiram na Europa. O primeiro a abrir as portas foi o Blindekuh (La Vaca Ciega), em Zurique, em 1999. Depois vieram os alemães Unsicht-Bar, em 2001, em Colônia, e Nocti Vagus, em 2002, em Berlim, seguidos dos Dans le Noir de Paris, Londres e Moscou, e do espetáculo itinerante Senzacionarium, de Barcelona.

 

OUTRAS PROPOSTAS DO TEATRO CIEGO

 

teatro-ciego-2

 

“Mi amiga la oscuridad”  é  a primeira primera obra infantil do Teatro Ciego, uma fábula que conta a história de duas irmãs: Claridad e Oscuridad, filhas do Rei Sol e da Rainha Lua. O espetáculo está pensado para que crianças a partir de 4 anos possam entrar pela primeira vez a uma sala de teatro ciego. Cada um ganha sua própria  “pulserinha contra o medo” do escuro.

Mas quem quiser viajar para outra época pode optar por “Luces de libertad”, uma das mais renomadas obras da cidade, que está ambientada em 1810, no contexto histórico da iminente queda do vice-reinado do Rio da Prata e a renúncia do vice-rei Cisneros. A particularidade é que, apesar de desenvolvida no século 19, são importantes personagens argentinos do século 20, como o revolucionário Ernesto Che Guevara, o ex-presidente Juan Domingo Perón e o escritor Rodolfo Walsh, entre outros, que aparecem refletidos indiretamente nos textos.

 

TANGO ÀS CEGAS

 

perfume-de-mulher teatro ciego

 

No teatro funciona também uma escola que tem como objetivo desenvolver a técnica do teatro ciego e fornecer trabalho às pessoas com deficiência visual. Uma das aulas mais populares são as de tango às escuras, que, como todas as atividades da escola, são gratuitas para cegos e amblíopes. A  escola surgiu como uma necessidade de capacitar os atores, porque no início, não havia atores cegos. Segundo o grupo, as escolas de teatro em geral não admitem pessoas cegas porque os professores também não estão capacitados para lhes ensinar. O Centro Argentino de Teatro Ciego tem ainda aulas de murga e coral, entre outros.

 

Aproveite que você está no Abasto para:

Conhecer o fileteado portenho

Conhecer a Casa Carlos Gardel

Visitar os monumentos de Tango em circuito temático

By | 2017-03-29T08:00:57+00:00 Março 29th, 2017|Categories: Blog, COMER + BEBER, ROTEIROS + DICAS|Tags: , , , , |0 Comments

About the Author:

Gisele Teixeira
Jornalista, gaúcha de nascimento e do mundo por opção, vive em Buenos Aires há oito anos. É editora do blog Aquí me Quedo, declarado de interesse cultural pela Legislatura Portenha em 2015. Das coisas que mais gosta na vida: dançar tango, escrever, fotografar e viajar. É casada com o Edu e tem dois gatos, a Tita e o Polaco.