Conheça a Buenos Aires de Carlos Gardel

 

 

Argentino? Francês? Uruguaio? A polêmica em torno da figura de Carlos Gardel parece resumir-se apenas ao seu lugar de nascimento. Unanimidade entre os amantes de tango, o cantor, compositor e ator de cinema Carlos Gardel cresceu e desenvolveu sua carreira na Argentina. Em Buenos Aires as referências ao tango e a Gardel estão por todo lado.

 

 

CONHEÇA A BUENOS AIRES DE CARLOS GARDEL

 

 

Carlos_Gardel_Flickr_Deanna_Keahey_Evita_Maradona

 

Foi Gardel quem iniciou o chamado Tango Canção, tornando-se um dos mais famosos intérpretes da música popular mundial na primeira metade do século XX. Admirado pela beleza de sua voz e pela qualidade de suas composições, vendeu enorme quantidade de discos, atuou em inúmeros filmes relacionados ao tango e lotou apresentações ao vivo mundo afora.

 

INFÂNCIA POBRE DE CARLOS GARDEL

 

 

Carlos_Gardel_Flickr_Sam Verhaert_Parrilla_Los_Amigos

 

Apesar da polêmica quanto ao lugar de nascimento de Carlos Gardel, parece haver coincidência entre as diversas correntes de que o mítico cantor foi abandonado pelo pai, tendo chegado a Buenos Aires ao redor de 1893. Aqui, viveu com sua mãe em pequenos quartos nos chamados conventillos, equivalentes ao que se conhece por cortiço no Brasil.

 

 

O CONTATO COM O TEATRO

 

Carlos_Gardel_Flickr_Madeleine_Deaton

 

Em 1914, Gardel saiu finalmente do ambiente de extrema pobreza dos conventilllos e mudou-se com sua mãe para um modesto apartamento na Avenida Corrientes, eixo dos teatros mais famosos de Buenos Aires. A mãe de Gardel trabalhou passando roupa em alguns desses teatros e o próprio Gardel começou a fazer bicos como claque, figurante e outros. Em troca de sua participação, recebia entradas para assistir aos espetáculos, mantendo-se em contato com atores e cantores da época.

 

Visite aqui nosso post completo sobre a Avenida Corrientes.

 

 

CARLOS GARDEL E O BAIRRO DE ABASTO

 

Carlos_Gardel_Museu_Fachada_De Solana Malacco

 

Em 1927, já famoso, finalmente compra uma casa e muda-se com sua mãe para o bairro de Abasto, que já frequentava desde o início do século. Mas até chegar à fama e ao conforto financeiro, conta-se que o mítico cantor aventurou-se pelo submundo da ilegalidade e foi citado mais de uma vez nos prontuários policiais da primeira década do século XX.

Conheça neste link o Museu Casa Carlos Gardel

 

 

 

abasto 2

 

 

A casa onde viveu El Morocho del Abasto” (o Moreno de Abasto) foi recuperada e transformada num museu, onde pode-se ver objetos, instrumentos, e outros pertences do idolatrado cantor, bem como saber mais sobre ele. Uma visita ao bairro é indispensável para quem gosta de tango ou quer conhecer melhor a vida de Carlos Gardel.

 

 

ESTÁTUA E ESQUINA CARLOS GARDEL

 

 

Carlos_Gardel_Esquina

 

É no bairro de Abasto que se encontra, por exemplo, a única estátua na capital portenha em homenagem a Gardel (excetuando-se a que se encontra em seu mausoléu). Também na vizinhança, o famoso Esquina Carlos Gardel presta homenagem diariamente ao “Morocho del Abasto”, com espetáculos de tango, acompanhados por um jantar requintado, num ambiente de luxo.

 

A Aguiar Buenos Aires leva você à Esquina Carlos Gardel. Faça sua reserva!

 

 

PAIXÃO POR CAVALOS

 

 

Hipódromo_de_Palermo 11

 

O tango argentino muitas vezes registrou a paixão dos portenhos pelas corridas de cavalos, nas letras das músicas dos anos 30, 40 e 50. Carlos Gardel foi também um apaixonado pelo esporte e era visto com frequência no Hipódromo Argentino de Palermo. Mas sua paixão não se resumia a assistir às corridas: ele foi além e chegou a ser proprietário do cavalo “Lunático”.

 

Saiba mais sobre o Hipódromo Argentino de Palermo nesse post.

 

 

CARREIRA INTERROMPIDA

 

Carlos_Gardel_Telam

 

Carlos Gardel faleceu em 24 de Junho de 1935, no auge de sua carreira, em um acidente aéreo, no qual também faleceram outras 17 pessoas, entre os ocupantes dos dois aviões que se bateram na hora da decolagem. Gardel voltava de Medellín, na Colômbia, após uma triunfante turnê por diversos países latinoamericanos.

 

 

CINZAS DE CARLOS GARDEL NO CEMITÉRIO DE CHACARITA

 

Carlos_Gardel_Chacarita_Flickr_Brian_Allen_02

 

Para os que são realmente amantes do tango, ou para os turistas mais curiosos, uma visita à tumba de Carlos Gardel, no Cemitério de Chacarita, tem que fazer parte do roteiro. Ali, uma estátua do mítico cantor recebe com frequência a homenagem de inúmeros visitantes. O lugar está cheio de placas, flores e mensagens a Gardel.

 

 

Confira AQUI nossas ofertas com 60% de desconto nas melhores casas de Tango de Buenos Aires!

 

Se está planejando sua viagem a Buenos Aires te recomendamos BAIXAR NOSSO APLICATIVO com dicas, lista de restaurantes, hotéis e passeios, se inscrever em nosso CANAL DO YOUTUBE com vídeos e dicas semanais e nos SEGUIR NO INSTAGRAM para acompanhar nossos posts direto de Buenos Aires.

 

Saiba mais sobre as principais casas de Tango:

Tango Porteño

Madero Tango

Piazzolla Tango

Señor Tango

By | 2016-03-04T11:29:38+00:00 março 4th, 2016|Categories: ARTE + CULTURA, Blog, COMER + BEBER, PASSEIOS + PONTOS TURÍSTICOS, TANGO + MILONGAS|Comentários desativados em Conheça a Buenos Aires de Carlos Gardel

About the Author:

Adriana Albuquerque
Piauiense de nascimento, cearense de coração e casada com um portenho, Adriana adotou Buenos Aires há 7 anos. Ela é formada Comunicação Social, e mãe de uma adolescente e de um filho pequeno. Uniu-se à equipe da Aguiar para produzir posts para o blog e hoje é a nossa redatora mais ativa. Provavelmente você já leu e anotou uma dicas que ela passou. Apaixonada pelo Brasil, aprendeu a amar também Buenos Aires. Já não pode viver sem mate, o chimarrão local. Adora ler, comer e viajar.