• Dicas de Buenos Aires?
    Buenos Aires é um destino único, aberto, que integra e permite a todos aqueles que a visitam não só contemplar uma cidade, mas também viver uma experiência urbana maravilhosa. Combina experiências diversas e está ao alcance do turista. É fácil se locomover, tem muitas opções diurnas e noturnas e o melhor, com um preço acessível.

  • Roteiro em Buenos Aires
    Quem não conhece quer conhecer, quem já conhece quer voltar. É quase impossível encontrar um brasileiro que não tenha se encantado com a cidade. Seu roteiro será completo, afinal, Buenos Aires é repleta de opções para todos os sexos, gostos, bolsos e idades. Acesse aqui as melhores dicas de Buenos Aires e monte um roteiro personalizado!
  • Cena Independente de Buenos Aires
    A cena independente, em especial do teatro, cinema, música e design é origem de muitos festivais. Assim como o futebol, paixão nacional, que atrai turistas para campeonatos importantes e grandes jogos. Outra característica que atrai a locais e visitantes são as compras, seja nas feiras, lojas ou shoppings.

  • Arte, tango, futebol, compras, festas e muito mais!
    Buenos Aires é um dos maiores polos culturais do continente. A cidade é considerada a quarta em importância no teatro mundial e tem mais salas que Nova York. Os museus portenhos são super famosos e com ótima estrutura. Durante a viagem, o turista pode conhecer o tango de perto, seja numa Casa de Show, nas ruas ou na Milonga mais popular de um bairro.

Procura dicas de Buenos Aires? O Clima talvez seja umas das principais dúvidas principais na hora de escolher o período da viagem!

O clima de Buenos Aires é agradável ao longo do ano, com a temperatura média anual de 18ºC, o que permite apreciar a cidade em qualquer época do ano.

Gostaria de saber o clima dessa semana?

  • Verifique se todos os documentos necessários estão válidos. Brasileiros não precisam de visto de entrada e podem entrar apenas com RG (sugerido validade inferior a 10 anos e em boas condições) ou passaporte vigente;

  • Menores de 18 anos não precisam de autorização se o mesmo estiver acompanhado dos pais. Se for acompanhado por apenas um dos pais, necessita de uma autorização do outro, autenticada;

  • Não esqueça de certificar-se com o banco de sua localidade sobre a aceitação de seus cartões na Argentina. Solicite ao seu gerente o desbloqueio ou em alguns casos pode ser realizado em auto-atendimento;
  • A corrente elétrica na Argentina é de 220 volts. As tomadas têm 2 orifícios cilíndricos ou 2 orifícios chatos com descarga a terra. Normalmente os hotéis dispõem de adaptadores;
  • Delegacia do Turista: Atende denúncias dos turistas vítimas de delitos, roubos, furtos, extravios, paradeiros e desencontros. Av. Corrientes, 436 – Telefone: 0800 999 5000/ 4346 5748 – turista@policiafederal.gov.ar
  • LGBT: Buenos Aires é considerada uma cidade aberta e plural e por isso é muito visitada por LGBTs. Temos um e-book exclusivo onde é possível encontrar informações de hotéis, festas, passeios gay friendly  etc.

  • Consulado e Embaixada do Brasil: Segunda a Sexta, 9h às 18h. Rua Cerrito, 1350. Telefone: 5246-7400. Site: www.brasil.org.ar

  • Defensoria do Turista: Rua Piedras, 445, Piso 8, San Telmo. Segunda a sexta, 10h às 17h. Telefone: 43384900 – info@defensoriadelturista.org.ar
  • ATENÇÃO: Para os que viajam com RG, guarde o documento de imigração entregue pela companhia aérea. Ele deve ser devolvido em sua saída.

  • Verifique o clima da cidade no período;
  • Saúde: O serviço de ambulâncias (SAME – 107) é gratuito
  • Bancos: Abrem às 10h e fecham às 15h. Segunda a Sexta.
  • Olhe o limite de bagagem permitido da companhia aérea para evitar excessos;
  • O fuso horário corresponde a GMT-3 e atualmente não se modifica nos meses do verão;
  • Quer wifi grátis em Buenos Aires? Esse aplicativo mostra para você e está disponível em Android e iPhone.

  • Buenos Aires possui dois aeroportos para chegada de vôos. O Aeroporto Ezeiza é o mais conhecido e está localizado a 47 km do centro. O Aeroparque (Jorge Newbery), muito conhecido pelos vôos domésticos e fica localizado em Palermo, a 4 km do centro;

  • Telefones: Além dos telefones públicos, existem vários centros de comunicações (locutórios) que oferecem serviços de telefonia, fax e internet. Para discagem direta internacional, é preciso marcar 00 + o código do país + o código da área + o número local.

Onde ficar

Escolher onde se hospedar pode parecer tarefa difícil para quem ainda não conhece Buenos Aires. Com diversos Bairros Turísticos e milhares de opções de hospedagens essa passa ser a principal dúvida do turista brasileiro. Tudo depende do gosto e do bolso, mas como dica principal procure opções de Hotéis que sejam de fácil acesso durante sua estadia e preferencialmente em uma avenida ou próxima dela por questão de segurança.

  • Para aqueles que vão fazer passeios turísticos com agências que buscam e deixam no Hotel, procure hotéis que façam parte da zona de transfer (Centro, San telmo, Puerto Madero e Recoleta), do contrário terão que se deslocar até essas regiões para ter acesso ao passeio ou pagar valor extra pelo serviço.
  • Se procura usar o metrô como meio de transporte, por exemplo, procure hotéis que estejam pertos de linhas de metrô. Se gosta de caminhar e quer fazer os principais pontos turísticos por conta própria, o centro da cidade é a melhor opção.
  • Evite o microcentro que a noite é bastante vazio e perigoso e escolha hotéis que estejam nas principais Avenidas, como Corrientes, 9 de Julio, Avenida de Maio, Córdoba, Diagonal Norte e Callao.
  • Outro bairro fora do centro, mas que está bem localizado e super charmoso é Recoleta, no entanto não há linhas de metrô.
  • San Telmo é um dos mais buscados por jovens que viajam em busca de opções alternativas. Lá estão os principais albergues e diversas opções culturais e gastronômicas.
  • Puerto Madero é o mais moderno e com opções mais caras de hospedagem, mas é um bairro lindo de dia e de noite e com variadas opções gastronômicas.
  • Palermo é o mais verde e também o maior dos bairros turísticos. Não tem quem não goste de sua diversidade. Bosques, praças, lojas, hotéis estilosos e muitos bares, baladas e restaurantes. No entanto, vale destacar que fica fora da zona de transfer das agências e talvez seja melhor reservar um dia (ou mais) de sua programação do que ficar hospedado lá todos os dias. Quer opções de hotéis? Acesse!
  • O Centro é o local mais indicado para se hospedar, assim, entre um passeio e outro você poderá visitar prédios e monumentos históricos. Além do mais é sempre movimentado e tem muitas opções de lazer diurno e noturno. Destaque para o Obelisco, Avenida Corrientes, Teatro Colón e Centro Histórico. Caminhe da Plaza de Mayo até a Plaza del Congreso pela Avenida de Mayo.

  • Para quem tem pouco tempo, San Telmo é sugerido conhecer aos domingos à tarde e aproveitar sua famosa feira. Bairro de arquitetura incrível, diversas igrejas e muitas histórias.

  • O moderno Puerto Madero é imperdível no fim da tarde e também à noite, para um belo jantar e para visitar seu Cassino. Fotografe a Puente de La mujer e visite o Museu Fragata Sarmiento ao lado.
  • Recoleta e Palermo são bairros nobres com opções de dia (Parques, Museus, Restaurantes e lojas) e a noite (bares e boates). Destaque para Plaza Francia, Parque Tres de Febrero, Plaza Serrano e Jardim Japonês.
  • La Boca é super interessante, mas deve ser feito durante o dia e sempre com muito cuidado. Aproveite para visitar o Estádio do Boca Juniors!
  • Visitar a Feira de San Telmo que ocorre todas as tardes de domingo (Rua Defensa).

  • Ir a Recoleta e desfrutar de todos os encantos da Plaza Francia. Aproveite para fotografar a Flor Metálica e a Faculdade de Direito.

  • Jantar em Puerto Madero ou Palermo e desfrutar dos melhores restaurantes da cidade.
  • Visitar a lindíssima Livraria El Ateneo localizada na Avenida Santa Fé, 1860.

  • Visitar os Bosques de Palermo. Caminhar em volta dos lagos e conhecer o famoso “El Rosedal”, o Planetário e o Jardim Japonês.
  • Caminhar de noite pela Avenida Corrientes e percorrer os inúmeros Teatros e Livrarias.

  • Conhecer o Zoológico de Luján. No local, os visitantes podem entrar nas jaulas dos animais e viver uma experiência única.
  • Visitar o Bairro La Boca, conhecer o “El Caminito” e o Estádio do Boca Juniors.

  • Curtir os bares e a noite portenha em Palermo.

Casa_Rosada_Buenos_Aires_Christian Haugen
  • Obelisco

Obelisco é um monumento histórico da Cidade de Buenos Aires. Foi construído em 1936 na Praça da República em comemoração ao quarto centenário da cidade, no cruzamento entre as Avenidas 9 de Júlio e Corrientes, onde foi içada pela primeira vez a bandeira nacional.

  • Casa Rosada

Localizada em frente a Plaza de Mayo, no centro da cidade, Casa Rosada é a sede da presidência da República Argentina, em Buenos Aires. O emblemático edifício de cor rosa, foi declarado monumento histórico nacional. Dentro, abriga ainda o Museu da Casa do Governo, com materiais relacionados aos presidentes do país. O museu funciona aos sábados e domingos, 10h às 18h, entrada gratuita.

  • Plaza de Mayo

Plaza de Mayo é a praça mais antiga da cidade e o cenário de vários acontecimentos políticos da história argentina. Localizada no centro e cercada por diversos edifícios históricos e governamentais, a praça há anos se converteu em um palco de manifestações políticas e o lugar de reunião de mães que reivindicam o desaparecimento de seus filhos durante o processo militar.

  • Catedral Metropolitana

A Catedral Metropolitana é a principal sede da igreja católica na Argentina. Localizada diante da Plaza de Mayo, no centro da cidade, a catedral passou por diversas reformas desde sua inauguração no século XVI e hoje é Monumento Histórico Nacional. Além disso, é considerada uma das obras arquitetônicas mais importantes da época colonial.

  • Caminito

Localizada no bairro La Boca, Caminito é um tradicional e emblemático trajeto de uma rua, que segue o que uma vez foi um trecho de ferrovia. Após a inciativa e esforço da vizinhança, entre eles o pintor Benito Quinquela Martín, transformaram o local em um museu a céu aberto, de grande valor cultural e turístico, com as tradicionais casas pintadas e o tango.

  • Bombonera

Localizado no coração do bairro La Boca, o estádio Alberto J. Armando, mais conhecido como La Bombonera , é o estádio da equipe Club Atlético Boca Juniors. Inaugurado em 1940, hoje com capacidade para 49 mil torcedores, destaca-se pelo formato alto e semelhante a uma caixa de bombom e pela proximidade da torcida com o campo.

  • Estátua da Mafalda

O Monumento da Malfada é uma simpática estátua da famosa personagem de histórias em quadrinhos do desenhista Quino. Localizada em San Telmo, logo à frente do prédio onde viveu o seu criador, o monumento atraí diariamente diversos turistas para tirar uma foto com a pequena personagem sentada em um banco de praça.

  • Rua Florida

Calle Florida, localizada no centro de Buenos Aires, é uma rua destinada somente para pedestres e é conhecida como a rua comercial mais importante da cidade, sendo possível encontrar de quase tudo, desde roupas, calçados, eletrônicos, doces e vinhos. No cruzamento com a Avenida Córdoba o turista pode conhecer também a Galerias Pacíficos, um shopping lindo que vale a pena incluir na sua programação.

  • Puente de la Mujer

A Punte de La Mujer, um dos emblemas do bairro Puerto Madero, é uma ponte giratória para pedestres e a sua forma representa um casal dançando tango. Criada pelo famoso arquiteto espanhol Santiago Calatrava, a ponte é dos exemplos da bela arquitetura da região.

  • Congresso de La Nación

Congreso de La Nación Argentina é o órgão legislativo do governo argentino. Localizado no bairro Congreso, é considerado o segundo maior edifício parlamentar do mundo, composto por 72 senadores e 257 deputados.

  • Avenida Corrientes

Avenida Corrientes além de ser uma das maiores da cidade, é também conhecida como a “rua que nunca dorme” devido à vida noturna e boêmia atribuída aos bares da época de ouro do tango, pizzarias, os notáveis teatros e livrarias. Ao longo de seu trajeto, começando em Puerto Madero, é também o endereço de vários comércios e até mesmo o Obelisco.

  • Flor Metálica

Floralis Genérica é uma escultura metálica situada na Plaza de Las Naciones Unidas, no Bairro Recoleta. Inaugurada em 2002, a flor se encontra cercada de um espelho de água e muito verde. Suas seis pétalas incialmente se abriam e fechavam de acordo com o horário e a luz do dia.

  • Cemitério de Recoleta

O Cemitério da Recoleta, localizado no bairro homônimo, é o mais famoso e mais visitado da cidade. Conhecido por seus numerosos e imponentes mausoléus, abriga diversas figuras importantes do país, entre presidentes, políticos, escritores e até Eva Perón, um dos mais procurados. Criado em 1822, pertencia a Basílica de Nuestra Señora del Pilar, hoje Monumento Histórico Nacional.

  • Plaza San Martín

A Plaza General San Martín, declarada como Lugar Histórico Nacional, é um grande espaço verde no bairro Retiro e palco de muitas histórias da cidade. Cercado de elegantes edifícios, e entre as características árvores, a praça também é espaço para vários monumentos e esculturas famosas da cidade.

Listamos os passeios mais procurados pelos Brasileiros

Delta do Tigre

Tigre fica a 30 km de Buenos Aires e é bastante visitada pelos turistas, já que aí se encontra um dos maiores deltas do mundo. O passeio completo tradicional dura aproximadamente 5 horas, permitindo uma vista panorâmica da Costaneira Norte de Buenos Aires, onde é realizado um passeio de barco pelo famoso Delta.

Tango

É impossível visitar Buenos Aires e não se emocionar com o Tango. Ele mescla o drama, a paixão e a sensualidade. Nos principais pontos turísticos é comum encontrar bailarinos dançando em troca de gorjetas. Algumas Casas de Tango merecem destaque pela sua estrutura, glamour e pela forma como apresentam a história deste ritmo.

Selfie Tour

O Selfie Tour é um passeio para para você fotografar e conhecer Buenos Aires de maneira rápida e divertida, todo em português. Neste passeio, a oportunidade de ver de perto entre  15 e 20 pontos turísticos, com guia brasileiro e toda explicação histórica. Excelente opção para quem quer otimizar a estadia na capital portenha.

Selfie Tour Noturno

O Selfie Tour Noturno vem com uma proposta diferente: alia conhecer a capital portenha e, ao mesmo tempo, registrar momentos incríveis com fotos noturnas profissionais. Paradas para Fotografia: Flor Metálica, Planetário, Pizzaria Banchero, Obelisco e Ponte da Mulher.

Zoo Luján

Imagine um lugar onde o visitante pode entrar na jaula dos leões e tigres e dar comida ao elefante e aos ursos? Um dos passeios mais procurados por brasileiros, o Zoo é uma excursão para passar o passeio oferecido por agências normalmente inclui transfer, guia, Basílica de Luján e entrada ao parque.

Navegação com almoço

Quer ter uma tarde agradável em um barco com uma vista encantadora e um almoço delicioso? Essa é a opção mais procurada para quem quer conhecer o Rio de La Plata. O passeio dura aproximadamente 2 horas e conta com um guia a bordo que mostrará um pouco do que se pode ver pela janela do barco.

Degustação de Vinho

Que a Argentina é conhecida pelos maravilhosos vinhos, isso não é segredo. Mas o que muitos não sabem é que em Buenos Aires o turista já pode fazer um tour para degustar vinhos das principais regiões produtoras da Argentina, além, de claro, harmonização com os pratos que realçam o sabor dos melhores rótulos portenhos.

Temaikén

É um espaço ideal para ficar perto da natureza,  um bioparque que brinda uma proposta única de educação, recreação e conservação das espécies. Aqui os turistas podem conhecer as diferentes paisagens características da Argentina e desfrutar todas suas atrações. O passeio oferecido pelas agências inclui entrada, guia e transfer.

Estância Santa Susana

Localizada no distrito de Campana, a apenas 70 km de Buenos Aires, local oferece um autêntico e maravilhoso dia de campo em uma área de 1200 hectares que recebe todos os dias, há 20 anos, visitantes do mundo inteiro que vem curtir suas instalações e sua famosa Festa Gaúcha.

The Argentine Experience

Durante um animado jantar, os convidados participam de atividades e aprendem sobre a história e etiqueta portenha. Inclui vinho ilimitado, jantar com entrada, prato principal e sobremesa. Criação de empanadas, mate e alfajor. 

Fogón Experience

A portas fechadas, o melhor restaurante de Buenos Aires pelo TripAdvisor, é a opção para quem quer entender mais sobre o típico asado argentino, com toque de modernidade. Um jantar de 7 (sete) passos e vinho ilimitado.

Colônia do Sacramento

Um dos passeios mais buscados por quem visita Buenos Aires é dar um pulo “bate e volta” até o Uruguai. Linda, charmosa, colonial, com ótimas opções gastronômicas e perfeita para quem quer ver um pôr do sol encantador.

Parque de La Costa

Principal Parque de Diversões da região, localizado na cidade do Tigre. Um passeio para passar o dia alegre e conta com aproximadamente 60 atrações. Com espetáculos ao vivo, montanhas russas, jogos infantis e atividades familiares, o parque se tornou uma referência para quem quer passar o dia em plena diversão.

Antes de mais nada siga essas dicas:

  • O vinho tinto Malbec, o mate, o doce de leite, a empanada e o “asado” são considerados Patrimônio Cultural e Gastronômico Argentino.
  • É um costume local no dia 29 de cada mês comer “ñoquis” e colocar um bilhete em baixo do prato para atrair mais dinheiro.

  • A gorjeta é muito comum na Argentina, mas não é obrigatória e não tem valor fixo. Recomendamos calcular em média 10% (como no Brasil) quando o atendimento foi satisfatório.

  • O restaurante mais antigo em funcionamento da cidade é o “El Imparcial”, com mais de 150 anos.

  • A comida é servida acompanhada de pães.

Melhores Restaurantes

Muitos costumes foram trazidos por italianos, espanhóis e até franceses e refletem até hoje na arquitetura e culinária portenha. Com mais de 3000 restaurantes, o viajante fica sem saber o que e onde comer. Quer algumas opções?

Confira nosso guia prático de onde comer em Buenos Aires

Para chegar de um ponto a outro, te recomendamos:

www.mapa.buenosaires.gob.ar ou baixar em seu celular o Aplicativo “BA Como llego” disponível para para Android e iPhone.

TANGO PORTEÑO

Um lugar único e inesquecível que tem como objetivo recuperar a essência do tango ao recriar magicamente a época mais importante de sua história e ao enquadrá-lo em um luxuoso prédio a poucos passos do Obelisco. Uma história de amor e paixão desenvolvidos durante a Idade do Ouro do Tango. Uma comédia musical com 30 artistas ao vivo no palco, uma orquestra com 12 músicos, 16 dançarinos e 2 cantores. Nesse espetáculo, o Tango é o protagonista e você o maior expectador nessa experiência única, nessa viagem inesquecível para o melhor tempo do Tango.

PIAZZOLLA TANGO

Músicos ao vivo, excelentes bailarinos e os melhores cantores de Tango de Buenos Aires num show clássico que emociona do início ao fim. Com um teatro “Belle Epoque” cuidadosamente restaurado, um luxuoso salão e uma acústica perfeita, Piazzolla Tango fará sua visita um momento inesquecível. Jantar com entrada, prato principal e sobremesa, além das bebidas livres durante toda noite e a possibilidade de aprender os passos básicos do Tango em um momento divertido com os bailarinos da casa.

ESQUINA CARLOS GARDEL

Localizado na emblemática calle Florida, o Esquina Carlos Gardel conta com suas portas abertas todos os dias, oferecendo um espetáculo sem precedentes e um jantar de alta qualidade e requinte. O espetáculo Carlos Gardel ocorre em salão mais exclusivo, proporcionando um ambiente bem intimista. Tem uma apresentação artística com encenação mais sensual e diversificada, além da clássica homenagem ao mundialmente conhecido cantor que dá nome a casa. 

MADERO TANGO

Em Puerto Madero, o bairro mais moderno de Buenos Aires, está localizado o Madero Tango com uma vista incomparável do rio e da cidade. O espaço combina música, dança e cozinha impecável. O espetáculo percorre os primeiros lugares do Tango, passando por sua evolução e chegando até hoje

  • MALBA

O Malba (Museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires) é dos mais interessantes museus da cidade. Em seu moderno e amplo edifício, estão aproximadamente 400 obras, entre pinturas, esculturas, fotografias e objetos dos grandes artistas latino-americanos do século XX. Além de frequentes apresentações e exposições artísticas. Dentro do museu funcionam também um cinema, um café, uma livraria e lojas de presentes.

  • Museu da Casa Rosada – Bicentenario

Museu del Bicentenario, localizado em uma das dependências da Casa Rosada, sede da presidência da República Argentina em Buenos Aires. Reúne fotografias, pinturas e objetos de distintos períodos históricos do país em um grande e luminoso espaço de restauração e preservação da história nacional.

  • Museu Flutuante Fragata Sarmiento

Fragata Sarmiento é um barco construído em 1897 que realizou 37 importantes viagens pelo mundo. Em 1963 foi declarado Monumento Histórico Nacional e desde então funciona como um museu onde é possível percorrer toda a embarcação, preservada e original, conhecendo a sala de maquinas, os canhões, além de uma exposição de recordações da antiga tripulação.

  • Museu Nacional de Belas Artes de Buenos Aires

O MNBA é um dos mais importantes da América Latina e o que tem a maior coleção obras de arte do país. Foi inaugurado em 1933 e possui obras de artistas como Picasso, Rodin, Renoir, Goya, Rembrandt, além de vários outros grandes pintores argentinos.

  • Museu Casa Carlos Gardel

Trata-se da antiga casa onde viveu o mítico e famoso cantor de tanto argentino Carlos Gardel. Atualmente reformada, tornou-se um museu onde resgata, conserva e exibe a obra e patrimônio do cantor, recorrendo por salas de ensaios, escritório e outras curiosidades.

  • Museu Evita

Localizado no Bairro de Palermo e muito próximo ao Jardim Botânico, o Museu Evita mostra um a coleção de objetos pessoais dessa emblemática personagem da história argentina. Entre vestidos, acessórios, documentos e muitas fotografias da época, conta  de uma forma interessante sua vida intensa e suas obras sociais para o povo argentino. Passeio imperdível para quem quer conhecer um pouco mais sobre a história do país.

  • Palacio Nacional de Las Artes (Palais de Glace)

Inaugurado como uma pista de gelo para alta sociedade, e convertido ao longo dos anos em salão de dança para tango, sedes governamentais e estúdio televisivo. Atualmente funcionando como um centro de exposições de pinturas e fotografias para diversos artistas.

  • Museu de Belas Artes Benito Quinquela

Funcionando junto ao Museu de Artistas Argentinos, onde está exposta uma coleção de diversos artistas nacionais, a casa Museu Benito Quinquela exibe as grandes obras e objetos pessoais do famoso pintor argentino, muito conhecido por suas pinturas nas casas do tradicional bairro La Boca.

  • Museu do River Plate

Inaugurado em novembro de 2009, o museu reúne tesouros que contam a história dos pouco mais de 110 anos de um dos mais importantes times da Argentina. Aberto todos os dias das 10h às 19h, exceto em dias de jogo.

  • Museu do Boca Juniors

Funcionando dentro do próprio estádio La Bombonera, o Museu de La Pasion Boquense oferece a oportunidade de conhecer a história de mais de 100 anos da equipe Boca Juniors, recorrendo por salas de troféus, exibições multimídia, fotos e muito mais.

  • Fundación Proa

A Fundación Proa é um dos maiores pontos de referência para o mundo artístico em Buenos Aires, sempre em constante mudança, com diferentes propostas artísticas entre fotografia, vídeo, desenhos, músicas e muito mais. Desenvolve importantes programas de educação e intercambio com instituições culturais.

  • Museu de Cera de Buenos Aires

Localizado no Caminito reúne peças de cera e artefatos que contam a história da colonização do país.

  • Museu de Los Niños

O Museo de Los Niños, que se encontra dentro do Shopping Abasto, é dedicado para as crianças até os 12 anos de idade. O museu oferece um espaço que recria uma cidade em miniatura onde as crianças podem aprender e brincar como adultos em diferentes profissões e setores da vida real. Estimula a integração, percepção, compreensão e expressão para estimular a criatividade das crianças.

  • Museu do Holocausto

Museo del Holocausto expõe objetos, fotografias e registros sobre a vida dos judeus na Argentina e na Europa, e os horrores vividos por eles antes e durante a Segunda Guerra Mundial. Realiza uma tarefa educativa orientada a conscientizar a sociedade sobre as graves consequências do racismo e xenofobia.

  • Prohibido No Tocar

O museu é uma instituição dedicada a divulgação da ciência de forma participativa direta, disponibilizando grande quantidade de exibições interativas. Oferece para crianças e adultos a liberdade de brincar, experimentar e conhecer mais, sempre despertando a curiosidade e o interesse de novas ideias.

  • Museu de Ciências Naturais

Localizado em uma parte do Parque Centenário, o museu conta com diversas áreas sobre o fascinante mundo da natureza, expondo uma grande e importante coleção de fosseis e objetos de diferentes categorias da natureza, tornando-se uma referência no assunto e um dos maiores e mais importantes da América do Sul.

  • Museu de Arte Moderna de Buenos Aires

O Museu de Arte de Moderna de Buenos Aires, o MAMBA, procura expor o que há de mais interessante e importante nas novas tendências artísticas de vanguarda, considerando principalmente os artistas argentinos contemporâneos.

  • Museo de La Ciudad

O Museo de La Ciudad tem o objetivo de preservar a história da cidade de Buenos Aires, de seus habitantes, seus costumes, sua arquitetura e a vida em geral dos portenhos, mantendo viva a memória urbana através de diversos objetos raros e característicos, fotografias, registros e documentos.

  • Museu do Automóvel

No Museo del Automóvil é possível encontrar veículos dos fins do século XIX e do começo do século XX em excelente estado de conservação. Assim como peças e afins da época, além de automóveis utilizados pelos grandes esportistas argentinos no século passado.

DIVERSIDADE
Uma das noites mais movimentadas do mundo. Isso é o que reserva a balada em Buenos Aires! Como são muitas as opções, nada que melhor que uma ajuda para esta missão. Aproveite!

DICAS
Primeiro ponto a ser destacada quando o assunto é balada em Buenos Aires é quanto ao horário. As casas abrem suas portas bem tarde, em comparação com as baladas brasileiras. As 02 da manhã, em geral, se iniciam as atividades.
Os boliches, boate em espanhol, são espalhados por todos os pontos da cidade, com maior concentração no bairro de Palermo. No site “InfoBoliches” tem uma lista completa e atualizada das principais boates.

Para conhecer nossas indicações de baladas:

Baixar em seu celular o Aplicativo “Aguiar Buenos aires” o mais completo disponível para para Android e iPhone, em português

No Museo del Automóvil é possível encontrar veículos dos fins do século XIX e do começo do século XX em excelente estado de conservação. Assim como peças e afins da época, além de automóveis utilizados pelos grandes esportistas argentinos no século passado.

Confitería Ideal

Calle Suipacha 384, Centro.

Uma das milongas mais tradicionais em Buenos Aires, funcionando desde 1912 em um luxuoso salão. Declarado como interesse nacional, já foi inclusive cenário para grandes filmes. O clássico e charmoso ambiente atrai pessoas todos os dias para dançar ao som ao vivo da banda desde às 8h até às 4h da manhã dependendo do dia. O lugar conta também com bons professores e bons pratos.

La Viruta

Armenia 1366, Palermo Soho.

Trata-se de uma das milongas mais animadas de Buenos Aires, onde o público mais jovem se junta com os mais experientes para dançar. Um ambiente bem descontraído e com um grande salão. Servem bebidas e as danças podem ir até o amanhecer. Há também apresentações, professores para diferentes níveis e dias e horários de outros estilos.

Maldita Milonga

Calle Perú 571, San Telmo.

Maldita Milonga funciona todas as quartas no bairro em um casarão em San Telmo e se destaca por se tratar de um ambiente mais descontraído, sem muito da etiqueta e tradição das clássicas milongas, o que é bom para turistas e iniciantes no tango. Inicia-se às 21h com uma aula e depois toma volume ao som ao vivo da Orquestra Típica El Afronte, formada por 11 instrumentistas.

Salón Canning

Scalabrini Ortiz 1331, Palermo.

Salón Canning é uma das maiores e mais clássicas milongas em Buenos Aires. Seu salão é luxuoso e normalmente reúne pessoas com mais experiência na dança, apesar de proporcionar aulas para iniciantes. Funciona principalmente quartas, sábados e domingos.

La Catedral

Sarmiento 4006, Almagro.

De luzes baixas e decoração curiosa, La Catedral é outra clássica e tradicional milonga em Buenos Aires, como se tivesse parado no tempo, ambiente propício para a música e a dança se tornar algo mágico. Funciona todos os dias.

Milonga del Indio

Plaza Dorrego, San Telmo.

Diferente de todas outras milongas, essa funciona a céu aberto, de graça e sem nenhum fim lucrativo, apenas o desejo e amor pelo tango. Organizada por Pedro “el indio” Benavente, no coração do bairro San Telmo, a milonga já é uma das favoritas da cidade, reunindo diversas pessoas todos os domingos.

La Glorieta

Rua 11 de Septiembre 1888, Belgrano.

Outra favorita dos portenhos, mas diferente de praticamente todas, é a milonga La Glorieta. Funciona todos os domingos de graça, a céu aberto na deliciosa e relaxante praça Barrancas de Belgrano. É só chegar, arrumar algum canto para se sentar e aproveitar a música e a dança.

Cochabamba 444

Cochabamba 444, San Telmo.

Funciona todas as sextas no bairro de San Telmo em um pequeno, porém acolhedor e descontraído ambiente, no qual normalmente reúnem amigos do bairro para dançar, contar histórias, folclore e curtir o tango. À partir das 22h começas as aulas para os iniciantes.

Club Sunderland

Lugones 3161, Villa Urquiza.

Uma famosa milonga aos sábados é a do Clube Sunderland, local onde durante o dia também funciona uma quadra de basquete. Apesar disso, o local é respeitado por ser uma das mais lindas e seletas milongas, com excelentes dançarinos e tradicional por conceito, onde quem não dança pode jantar e observar as danças ao som ao vivo do tango.

Club Villa Malcom

Córdoba 5064, Palermo.

Cada dia é uma proposta diferente nessa tradicional casa de milonga em Buenos Aires. Variando para públicos mais jovens, sem experiência ou prática, porém com o desejo pela dança e também para os mais velhos e experientes. Um ambiente descontraído, experimental e informal, ótimo para os iniciantes.

El Beso

Riobamba 416, Centro.

Em um ambiente delicado, tradicional e talvez um dos mais românticos e melhores para se dançar em Buenos Aires é o salão da milonga El Beso. Há diferentes propostas durante a semana, mas o seu dia mais emblemático é aos domingos, onde a seleção musical dizem ser perfeita. Um lugar luxuoso que requer estar bem vestido.