Praça Dorrego: sua história, o que ver e fazer pela região

É um clichê dizer isso, mas não tem outro jeito: a Praça Dorrego é o coração de San Telmo, um dos bairros com mais identidade de Buenos Aires. Ponto de encontro de moradores e turistas para cervejinha e bate-papo, endereço de conhecidos cafés e lugar de partida para a visita dos pontos turísticos da região. A pracinha ficou famosa por seu vibrante mercado de antiguidades no domingo e foi recentemente reformada. Mas se a sua viagem não inclui este dia da semana na cidade, não se preocupe, vá no sábado que região é igualmente interessante e guarda uma atmosfera de cidade do interior.

 

PRAÇA DORREGO

 

praça dorrego praca

 

A Praça Dorrego foi batizada em homenagem ao soldado e duas vezes prefeito de Buenos Aires, Manuel Dorrego, que ajudou na luta pela independência da Argentina. Durante muito tempo foi o centro da área residencial da cidade do século até que uma epidemia de febre amarela, em 1871, fez com que grande parte da população morresse instantaneamente. Os que sobreviveram migraram para o norte da cidade e foram fundar novos bairros, como a Recoleta. Em San Telmo, as casas abandonadas viraram cortiços, refúgio para imigrantes e trabalhadores.

É a segunda praça mais antiga de Buenos Aires, depois da Praça de Maio, e era onde as caravanas desembarcavam cargas de toda a Argentina para Buenos Aires. Até o século XX,  foi conhecida por Hueco del Alto, ou Alto de las carretas, Alto de San Pedro e Plaza del Comercio até ser renomeada para Praça Coronel Manuel Dorrego.

prala dorrego feira 2

Hoje em dia, é um animado centro de bares e cafés, com muitos antiquários pela região e apresentações de tango ao ar livre. O melhor dia para visitá-la é o domingo, quando a Praça Dorrego abriga o famoso mercado de antiguidades San Telmo. Ao longo da rua Defensa, começando quase na Casa Rosada, a Feria de SanTelmo oferece uma série de barracas coloridas que vendem antiguidades, artesanato, roupas de couro, prata e obras de arte locais. Se você quiser comprar lembranças e souvenirs, este é o lugar! Se estiver visitando a Praça no domingo, não perca a Milonga del Panuelo Blanco, que se arma no final da tarde depois que se desmontam as barracas. No sábado, sem a feira, a pracinha é um bom lugar para tomar uma cerveja no final da tarde.

 

Leia nosso post especial sobre a Feira de Antiguidades!

 

PRAÇA DORREGO

 

praça dorrego milonga

 

Ao redor da Praça está um dos cafés notáveis mais famosos da cidade, o Café Dorrego, com as paredes cheias de fotos antigas, onde um dia Jorge Luis Borges e Ernesto Sábato também tomaram seu cortado, suas mesas e paredes escritas com declarações de amor – tanto a uma mulher quanto ao times de Boca e River.Por este lugar já passaram, por exemplo, Robert De Niro, Eric Clapton e Robert Duvall. Pertinho dali há um Starbucks e uma filial do Havanna, entre tantos cafés do bairro.

 

Leia nosso post especial sobre Cafés de San Telmo! 

Praça Dorrego feira

 

PRAÇA DORREGO

 

Para quem quer se hospedar pela região, a pracinha tem dois hotéis: o pequeno Telmho Hotel Boutique, com apenas nove quartos, e o charmosíssimo Anselmo, estreia na América Latina da nova marca criada pela rede Hilton – a Curio Collection. É uma bandeira 4 estrelas, marcada por empreendimentos exclusivos, com mais identidade e “cor local”, no coração da Praça Dorrego. Perto da há vários restaurantes bacanas e a Aguiar tem um post específico sobre onde e comer e beber em San Telmo, que está de dar água na boca!  Também ao redor da pracinha, abriu recentemente a Cervejaria Patagónica, uma boa pedida para uma gelada no fim de tarde. Para seguir com o agito, a pedida é o bar Todo Mundo, que sempre tem música ao vivo.

 

Leia nosso post sobre cervejarias em San Telmo 

 

prala dorrego igreja

 

A Praça Dorrego é o ponto de partida para conhecer vários atrativos do bairro de San Telmo, como a Igreja de San Pedro Telmo (foto), a galeria El Solar de French, o Museu de Arte de Buenos Aires, o Mercado de San Telmo, a Pasaje La Defensa, o Museu de Arte Contemporânea(Macba), a Igreja Dinamarquesa e a Igreja Ortodoxa Russa, o Parque Lezama, os restaurantes da Avenida Caseros e, obviamente, a estátua da Mafalda.

É no bairro de San Telmo que fica também a sede do Biking Buenos Aires, se você preferir conhecer a cidade no pedal, o que a gente recomenda fortemente!

 

Se está planejando sua viagem a Buenos Aires te recomendamos BAIXAR NOSSO APLICATIVO com dicas, lista de restaurantes, hotéis e passeios, se inscrever em nosso CANAL DO YOUTUBE com vídeos e  dicas semanais e nos SEGUIR NO INSTAGRAM para acompanhar nossos posts direto de Buenos Aires.

 

Leia mais:

Praça San Martín: verde, monumentos e História!
Praça Serrano: encontro de arte, moda e boemia
Bike Tour Parques e Praças: Palermo e Recoleta em Bicicleta

By | 2017-04-07T08:00:19+00:00 abril 7th, 2017|Categories: ARTE + CULTURA, Blog, COMER + BEBER, PASSEIOS + PONTOS TURÍSTICOS|Tags: , , |Comentários desativados em Praça Dorrego: sua história, o que ver e fazer pela região

About the Author:

Gisele Teixeira
Jornalista, gaúcha de nascimento e do mundo por opção, vive em Buenos Aires há oito anos. É editora do blog Aquí me Quedo, declarado de interesse cultural pela Legislatura Portenha em 2015. Das coisas que mais gosta na vida: dançar tango, escrever, fotografar e viajar. É casada com o Edu e tem dois gatos, a Tita e o Polaco.