Você é do tipo religioso, que gosta de visitar o maior número de igrejas possível quando está em uma nova cidade? Então esse post é pra você!

Você é do tipo que gosta de visitar igrejas e conhecer sua história, mesmo não sendo necessariamente uma pessoa religiosa? Então esse post também é pra você.

 

 

BASÍLIA DE LUJÁN É VISITA OBRIGATÓRIA EM SUA VIAGEM

 

dsc01773

 

A cerca de 70 km de Buenos Aires, a Basílica de Luján é uma das igrejas mais visitadas pelos turistas que vêm ao país. O belo edifício em estilo neogótico data do século XIII. Apesar do que muita gente pensa, não é a catedral da Paróquia a qual pertence, o que não diminui sua importância e o interesse pela visita. A título de curiosidade, ela pertence à Paróquia de Mercedes – Luján, cuja catedral é a Basílica de Nuestra Señora de la Mercedes.

BASÍLICA DE LUJÁN: PEREGRINAÇÃO REÚNE MILHARES

Nuestra Señora de Luján (Nossa Senhora de Luján, para os brasileiros) é a padroeira da Argentina. Por esse motivo, a Basílica de Luján é considerada o Santuário Nacional do país. Todos os anos, no mês de outubro, centenas de pessoas fazem peregrinação, saindo do bairro portenho de Liniers até a cidade de Luján para agradecer ou pedir alguma graça.

 

 

APOIO PARA FIÉIS

 

A maior parte dos peregrinos faz a romaria a pé. Associações participantes e o Governo da Província oferecem uma importante estrutura de apoio ao longo do caminho, com distribuição de água, lanches, banheiros químicos, médicos, enfermeiros, massagem e até troca de sapatos, se necessário, entre outros mimos.

 

A primeira marcha aconteceu em 1975, quando 30 mil jovens percorreram o trajeto a pé. A cada ano, a multidão é maior e atualmente passa de um milhão de fiéis. No ano em que Francisco foi nomeado Papa, o número de peregrinos chegou a 2,5 milhões.

 

 

FÉ À CAVALO

 

No mês de setembro, há uma romaria especial para os Gauchos, que vão a cavalo. Ela acontece desde 1945. Trata-se de um evento à parte, em que as entidades e associações representativas da cultura local organizam desfiles e festas ao redor de fogueiras, com direito ao típico assado argentino, tragos e violão.

 

 

BASÍLICA DE LUJÁN: ESCOLHA DA VIRGEM

 

 

A imagem de Nossa Senhora de Luján, elaborada em terracota, chegou ao porto de Buenos Aires em 1630, de onde seguiria para o Brasil. Mas por razões desconhecidas, o carro que a levava parou de mover-se no meio da viagem. Só foi possível fazê-lo sair do lugar depois que desceram a caixa com a imagem. As pessoas que a estavam transportando, interpretaram o fato como um sinal de que a Virgem desejava permanecer na região.

Conta-se que houve outras situações misteriosas. Por exemplo, que a imagem desaparecia cada vez que se tentava entronizá-la em um oratório e era encontrada no lugar em que o carro havia parado.

 

 

BASÍLICA DE LUJÁN: DESDE 1887

 

 

A pedra fundamental da Basílica de Luján foi colocada em 15 de maio de 1887, onde hoje está o altar principal, a quatro metros de profundidade. Trata-se de um cubo oco no centro, onde há uma série de documentos e algumas relíquias, como moedas de diferentes metais, retratos dos papas Pio IX e León XIII; jornais, pedras extraídas da Gruta de Nazaré e do Monte Calvário e de outros santuários, bem como das Catacumbas de Roma. A construção só ficou totalmente pronta em 1935 e diferentes engenheiros e arquitetos dividiram a tarefa.

 

Não deixe de visitar também a Catedral Metropolitana de Buenos Aires!

 

 

BASÍLICA DE LUJÁN:  DETALHES ARQUITETÔNICOS

 

 

A planta da Basílica de Luján tem a forma de uma grande cruz e a imagem de Jesus Cristo crucificado também está representada. O altar principal corresponde à sua cabeça. O quadro do altar (retábulo) representa a imagem de Maria que estende os braços em direção ao filho. Vários altares ao redor formam a coroa de espinhos. A nave principal corresponde ao corpo de Jesus. As fontes batismais, próximas à porta de entrada, representam as feridas nos pés de Cristo, que limpa o pecado original.

Em 2000, a Basílica passou por uma pequena reforma para tirar a ponta de uma das cruzes que caiu de uma altura de 106 metros e ficou cravada em uma escada. Por sorte, ninguém saiu ferido e a estrutura da construção tampouco foi comprometida.

 

 

TESOUROS DA BASÍLICA DE LUJÁN

 

 

 

A Basílica de Luján conta com muitos detalhes que representam um verdadeiro tesouro histórico e arquitetônico. São sete capelas, diversos vitrais, escadarias, imagens de santos e anjos, entre outros. Destaque para o órgão Cavaille-Coll, que data de 1908. Atualmente fora de uso, é considerado uma jóia da organeria romântica francesa.

 

 

Programe também um passeio ao Zoo Luján!

 

 

 

Serviço

Aberto todos os dias, das 7h às 20h.

Missas: De segunda a sábado, às 8h, 10h, 11h, 15h, 17h e 19h.

Domingos, às 8h, 9h, 10h, 11h, 12h30, 15h30, 17h e 19h

 

Acesse agora nosso canal do YouTube com vídeos semanais!
Siga nosso Instagram direto de Buenos Aires!

 

Saiba mais:

Não deixe de ir à Terra Santa, famosa réplica em Buenos Aires.

Faça o Tour Papal em Buenos Aires.

Passeios em Buenos Aires: Ofertas e descontos.

Ofertas de Shows de Tango com desconto.