Catedral Metropolitana de Buenos Aires

A Catedral Metropolitana de Buenos Aires é por si só um incrível ponto turístico, mas desde março de 2013 tornou-se ainda mais atrativa por ser o local onde o Papa Francisco atuou desde 1998 até assumir como Sumo Pontífice. Localizada em frente à Plaza de Mayo, forma com a Casa Rosada e o Cabildo, um “pacote” turístico obrigatório na programação de qualquer visitante.

Catedral Metropolitana de Buenos Aires

Principal sede da Igreja Católica na Argentina, considerada uma das obras arquitetônicas mais importantes da época colonial, a Catedral Metropolitana de Buenos Aires é hoje Monumento Histórico Nacional. Mas nem sempre funcionou no mesmo edifício. O primeiro deles data de fins do século XVI.

Depois de muitos contratempos, como inundações, incêndios, uso de materiais precários e até defeitos estruturais, finalmente foi erguida a sexta e definitiva construção, sob o comando do arquiteto italiano Antonio Masella. Com uma estrutura final em estilo neoclássico, a obra teve início em 1752 e só foi terminada cem anos depois. Já a decoração foi concluída em 1911.

Catedral Metropolitana de Buenos Aires

Um detalhe que chama a atenção do visitante é a fachada da Catedral, desenhada em 1822 pelos franceses Próspero Catelin e Pedro Benoit . À primeira vista, mais parece um templo grego. Isso se deve à presença das doze colunas que representam os doze apóstolos. Em 1862, a frente da Catedral ganhou a escultura em baixo-relevo do francês Joseph Dubourdieu, representando o encontro de Jacó e seu filho José no Egito. Outra obra do artista pode ser apreciada ali pertinho, na Plaza de Mayo, no topo da Pirâmide de Mayo.

Veja aqui nosso post completo sobre a Plaza de Mayo e seus atrativos!

Por dentro da Catedral Metropolitana de Buenos Aires

Visitar o espaço interior da Catedral de Buenos Aires é viver uma experiência visual e, sobretudo, emocional. Impossível não sensibilizar-se com a beleza das cinco naves, os 41 metros de altura da cúpula ou as catorze pinturas da Via Crucis, obra do italiano Francesco Domenighini, que originalmente se encontravam na Igreja de Pilar.

Mausoléu do General José de San Martín

O mausoléu do general José de San Martín é também uma bela obra, de autoria do escultor Albert Ernest Carrier-Belleuse. Em 1877, uma das naves laterais foi reformada especialmente para abrigar os restos mortais deste herói nacional, conhecido como “El Libertador”.

Papa Francisco e a Catedral Metropolitana de Buenos Aires

A Catedral Metropolitana de Buenos Aires é hoje também um verdadeiro museu em honra ao Papa Francisco. No local, pode-se ver objetos pessoais e de liturgia utilizados pelo então arcebispo Jorge Bergoglio durante os 15 anos de seu ministério pastoral na capital portenha.

Serviço

Visitas guiadas às 11h15 de segunda a sexta.

As visitas guiadas são feitas para grupos de, no mínimo, 15 pessoas, sempre pela manhã. Devem ser combinadas por telefone, com a secretaria da Catedral, de segunda  sexta, das 10h às 14h. O custo é de 8 pesos por pessoa. O telefone é 4331.2845.

Missas

Segunda a sexta-feira: 7h45, 8h30, 12h30, 17h30.

Sábado: 11h30, 17h30

Domingo: 10h, 11h30 (Missa Solene com o Coro), 13h, 17h30

Feriados: 11h30

Abertura e fechamento

Segunda a Sexta: 7h30 às 18h30

Sábados e Domingos: 9h às 18h45

Feriados: 9h às 17h30

Se está planejando sua viagem a Buenos Aires te recomendamos BAIXAR NOSSO APLICATIVO com dicas, lista de restaurantes, hotéis e passeios, se inscrever em nosso CANAL DO YOUTUBE com vídeos e dicas semanais e nos SEGUIR NO INSTAGRAM para acompanhar nossos posts direto de Buenos Aires.

Tem alguma dúvida?

Nome

Email

Mês da viagem

Duvida

Deseja receber nossas ofertas?

By |2018-04-09T20:25:07+00:00outubro 6th, 2015|Categories: ARTE + CULTURA, Blog, PASSEIOS + PONTOS TURÍSTICOS|Comentários desativados em Catedral Metropolitana de Buenos Aires

About the Author:

Adriana Albuquerque
Piauiense de nascimento, cearense de coração e casada com um portenho, Adriana adotou Buenos Aires há 9 anos. Ela é formada Comunicação Social e mãe de uma adolescente e de um filho pequeno. Uniu-se à equipe da Aguiar para produzir posts para o blog e hoje é a nossa redatora mais ativa. Provavelmente você já leu e anotou uma dicas que ela passou. Apaixonada pelo Brasil, aprendeu a amar também Buenos Aires. Já não pode viver sem mate, o chimarrão local. Adora ler, comer e viajar.