Mafalda em Buenos Aires: dicas que você vai amar

Entre os inúmeros passeios e compras que os turistas adoram fazer em Buenos Aires, os que se relacionam a Mafalda, garotinha criada pelo cartunista Quino em 1962, é um dos preferidos.

Pensada inicialmente para uma campanha publicitária que acabou sendo cancelada, Mafalda foi publicada pela primeira vez em setembro de 1964. A garotinha de seis anos que odeia sopa e adora os Beatles mostra uma grande preocupação com a humanidade e a paz mundial.

Mafalda em Buenos Aires: dicas que você vai amar

Crítica, curiosa, reflexiva e absolutamente carismática, Mafalda rapidamente conquistou os corações dos argentinos. O primeiro livro, que reunia as primeiras tirinhas por ordem de publicação, foi  lançado em 1966 e a tiragem de 5 mil exemplares se esgotou em dois dias.

Pouco tempo depois, Mafalda começou a conquistar fãs pelo mundo todo. Para muitos turistas, a imagem de Mafalda é a primeira que vem à cabeça quando se fala de Buenos Aires.

Comprinhas inevitáveis

Nas lojinhas de souvenir, a oferta de lembrancinhas com a imagem de Mafalda é grande. São camisetas, canecas, ímãs de geladeira, chaveiros, porta-copos, abridores de garrafa, aventais de cozinha, porta-retratos, quadros e muito mais. Fáceis de encontrar, as lojas de souvenir estão por toda parte, especialmente em pontos turísticos, como a Feira de San Telmo, o Caminito e o microcentro portenho.

Ao lado da famosa escultura, localizada no cruzamento das ruas Chile com Defensa, tem uma loja especializada em produtos e souvenirs da Mafalda. Vale a pena conferir se você é apaixonado pela personagem ou se quer voltar pra casa com um presente para alguém especial.

E um pouquinho mais de compras

Uma grande variedade de produtos relacionados à personagem podem ser encontrados também em outros tipos de lojas, como livrarias, papelarias e lojinhas de decoração. Tem cadernos, agendas, bolsas, almofadas, latinhas, bandejas, apoio para uso do notebook na cama, capas para celulares e tudo o que a criatividade dos fabricantes e o desejo dos fãs possa imaginar.

Mercados Das Pulgas

O Mercado das Pulgas do bairro Colegiales é outro lugar onde é possível comprar artigos com a imagem de Mafalda, geralmente com o charme típico dos produtos adquiridos nesse tipo de local: aquela cara retrô de coisinha antiga guardada como verdadeiro tesouro. É preciso garimpar e ter paciência, mas sempre tem algo interessante pra levar. Também pode-se encontrar por lá cartazes e plaquinhas com as frases mais populares da impagável garotinha, uma ótima lembrança pra levar pra casa. O mercado funciona em um galpão, próximo à Zona onde termina Palermo Hollywood, no cruzamento da avenida Álvarez Thomas e a rua Dorrego.

Nesse link você encontrará maiores informações sobre o Mercado das Pulgas de Buenos Aires

Plaza Mafalda

Ali pertinho, ao lado do Mercado de Pulgas e fora do circuito turístico da cidade, pouca gente sabe que há um espaço dedicado não só à mais famosa criação de Quino, mas também a seus companheiros. É a Plaza Mafalda, que conta com murais e grandes painéis com imagens e tirinhas de Mafalda e sua turma. A praça Mafalda fica na Calle (rua) Conde, 145.

Mafalda em San Telmo

Mas um dos melhores programas para os fãs de Mafalda é visitá-la na esquina das ruas Chile e Defensa, em San Telmo. Sentada num banco, Mafalda espera a visita dos fãs. A estátua da garotinha mede 80 centímetros e está lá desde agosto de 2009. Ganhou em 2014 a companhia de dois de seus melhores amigos: Susanita e Manolito. Nos dias de feira e durante as férias, tem até fila pra tirar foto com ela.

Veja aqui nosso post sobre o Paseo de a Historieta, que começa com Mafalda

Onde tudo começou

Pouco mais adiante, no número 371 da rua Chile, uma placa indica o edifício onde Quino morou por muitos anos. Com um desenho da garotinha mais contestadora da Argentina, a placa traz a frase “Aqui viveu Mafalda”. Além dela, o cartunista criou também os outros personagens da tirinha quando vivia ali: os pais de Mafalda, Guille, Manolito, Libertad, Felipe e Susanita.

Política mundial

Nascido em 1932, numa família de imigrantes espanhóis que viveu de perto as agruras das guerras do século XX, Quino mostrou um precoce interesse pela política mundial. E utilizou suas tirinhas para abordar esse e outros temas importantes, como a Guerra do Vietnam, a carreira espacial, direitos humanos, sexo e educação, entre outros.

Mafalda, quino e a paz mundial

Durante a inauguração de uma exposição em homenagem a Quino e a Mafalda, organizada pelo governo portenho em 2014, o desenhista destacou que o que mais deseja hoje é que o mundo não passe por uma terceira guerra.

Se está planejando sua viagem a Buenos Aires te recomendamos BAIXAR NOSSO APLICATIVO com dicas, lista de restaurantes, hotéis e passeios, se inscrever em nosso CANAL DO YOUTUBE com vídeos e dicas semanais e nos SEGUIR NO INSTAGRAM para acompanhar nossos posts direto de Buenos Aires.

Tem alguma dúvida?

Nome

Email

Mês da viagem

Duvida

Deseja receber nossas ofertas?

About the Author:

Adriana Albuquerque
Piauiense de nascimento, cearense de coração e casada com um portenho, Adriana adotou Buenos Aires há 7 anos. Ela é formada Comunicação Social, e mãe de uma adolescente e de um filho pequeno. Uniu-se à equipe da Aguiar para produzir posts para o blog e hoje é a nossa redatora mais ativa. Provavelmente você já leu e anotou uma dicas que ela passou. Apaixonada pelo Brasil, aprendeu a amar também Buenos Aires. Já não pode viver sem mate, o chimarrão local. Adora ler, comer e viajar.