Airbnb em Buenos Aires: hospedagem alternativa

Cada vez mais turistas no mundo todo optam por hospedar-se em imóveis ou quartos alugados em vez de ir para um hotel. E um dos maiores responsáveis por esse novo comportamento do viajante é o Airbnb, o maior site de aluguéis por temporada da atualidade. Saiba mais sobre o Airbnb em Buenos Aires e considere essa opção.

 

 

Airbnb em Buenos Aires: hospedagem alternativa

 

 

Airbnb em Buenos Aires_04

O Airbnb em Buenos Aires já conta com uma grande quantidade de imóveis e quartos disponíveis para aluguel, com diferentes configurações e em distintos bairros da cidade, mas nem todo mundo se liga nisso na hora de planejar a viagem. E é por isso que decidimos contar hoje mais detalhes sobre essa plataforma de aluguéis que tem sido tão utilizada por turistas do mundo todo.

 

 

Airbnb em Buenos Aires é economia

 

Airbnb em Buenos Aires_07

Existem vários motivos pelos quais uma pessoa opta por alugar um imóvel em vez de ir a um hotel quando está de viagem, mas sem dúvida um dos principais é o econômico. Os aluguéis por temporada costumam ser muito mais baratos do que as diárias de um hotel confortável, mas sem grandes luxos, principalmente quando se trata de um grupo grande de pessoas.

 

 

 

Airbnb em Buenos Aires: “Portenho” por alguns dias

 

Airbnb em Buenos Aires_08

Alugar um imóvel também é uma opção mais econômica no quesito alimentação, já que você pode diminuir gastos com restaurantes e cozinhar sua própria comida. Outra vantagem de alugar um imóvel ou quarto é a possibilidade de se sentir em casa, com mais liberdade do que num hotel e até de viver o dia a dia como um verdadeiro portenho, fazendo compras para o café da manhã, cumprimentando os “vizinhos” no elevador, pegando dicas fora do roteiro turístico com os mesmos vizinhos ou até com o porteiro e por aí vai.

 

 

 

Airbnb em Buenos Aires: Conforto

 

Airbnb em Buenos Aires_06

Mas como tudo na vida, os aluguéis por temporada também têm suas desvantagens! Nem sempre, por exemplo, você vai ter o mesmo conforto e a mesma estrutura que em um hotel, com uma cama legal, um banheiro bom ou serviço de limpeza. Além disso, na capital portenha as quitinetes são muito comuns, inclusive entre os imóveis da Airbnb em Buenos Aires. Então, ao alugar uma casa ou apartamento, tenha em conta que não necessariamente você vai ter espaços amplos e uma grande estrutura. Depende muito de cada caso e do preço também. Por isso, pesquise muito antes de alugar e não deixe de tirar todas as suas dúvidas e olhar bem as fotos no site antes de fechar o negócio.

 

 

Airbnb em Buenos Aires: Café da Manhã

 

cafeymedialunas

 Diferente dos hotéis, ao optar por algum dos imóveis da Airbnb em Buenos Aires, você estará abrindo mão de outras comodidades, como ter café da manhã prontinho. Mas se você é do tipo que curte viver a realidade do cidadão local, essa é uma ótima oportunidade para frequentar as cafeterias do bairro e tomar o tradicional café com leche com medialunas. Se ficar caro ou repetitivo, pode variar o cardápio ou abastecer a geladeira e tomar seu desayuno sem ter que sair de casa.

 

 

Airbnb em Buenos Aires: Passeios

 

VAN (1)

Outro ponto a levar em conta – e isso pode ser considerado uma desvantagem pelos turistas – é que a maioria das agências que vendem passeios não passa para buscar os clientes quando estão em apartamentos ou casas alugadas. Isso porque nos edifícios residenciais as vans e os ônibus de turismo não têm lugar para estacionar. Nesses casos, o turista tem que se deslocar até o ponto de encontro mais próximo para pegar o transporte.

 

 

 

Airbnb em Buenos Aires: Bairros

 

Se você já sabe que quer se hospedar em um imóvel alugado com a Airbnb em Buenos Aires, é hora de decidir em que bairro ficar. São tantas opções interessantes que a gente decidiu dar uma resumida aqui pra você ter uma ideia geral.

Para começar, tem o Centro, onde ficam o Obelisco, a Rua Florida, a Avenida de Mayo, a Casa Rosada e muitos outros pontos turísticos. Uma boa opção, mas não muito seguro à noite.

Vizinho ao Centro, encontra-se Retiro, um bairro super agradável, com amplas praças e áreas verdes, residências e hotéis luxuosos. Um dos principais pontos de interesse é a Praça San Martín, considerada Lugar Histórico Nacional. Nessa praça nasce a famosa Rua Florida, que se estende até chegar ao Centro.

 

Próximo ao Centro e Retiro, a Recoleta é uma das áreas mais buscadas pelos turistas. Elegante e sofisticado, é um bairro de amplo interesse arquitetônico, histórico, turístico e cultural e conta com diversos pontos de interesse, como o Cemitério da Recoleta, o Café La Biela, a Livraria El Ateneo e vários museus.

Quem prefere curtir de perto a cultura e a tradição portenhas, San Telmo é o lugar. O bairro é o principal local da vida artística e boêmia de Buenos Aires, também famoso por sua gastronomia. Um dos mais antigos da cidade, é bem charmoso e possui atrações incríveis, como o Mercado de San Telmo e a Feirinha de Antiguidades.

 

Airbnb em Buenos Aires

Puerto Madero é um dos bairros mais recentes na história da cidade. Moderno e elegante, nasceu em meio aos diques e armazéns abandonados que hoje, revitalizados, dão um charme todo espacial à zona. Em poucos anos desde sua revitalização, Puerto Madero se tornou o metro quadrado mais caro da capital portenha. Hoje recebe centenas de turistas diariamente, que visitam locais como a Puente de la Mujer, o Cassino e o Madero Tango.

La Boca é um bairro extremamente interessante e pitoresco. É lá que está o Caminito, o Museu Quinquela Martín, a Fundação Proa, a Bombonera (estádio do Boca Juniors) e tantas outras atrações interessantes. Mas é meio longe e meio inseguro também.

 

Palermo Hollywood Passeio

Por fim, o maior bairro portenho: Palermo, com 16 km2 de extensão. Dividido em sub-bairros como Palermo Hollywood, Palermo Soho, Palermo Viejo, Palermo Chico, Palermo Botânico, Las Cañitas, entre outros, é o point da balada. Conta com os melhores restaurantes, bares, festas, casas de shows, teatros e museus, sendo o  maior pólo gastronômico, cultural e artístico da Argentina.

 

 

Airbnb em Buenos Aires: dicas importantes

 

Avenida Alvear - Callao - wikipedia_

Para ajudá-lo um pouco mais na escolha do bairro, damos algumas dicas importantes, independente de você ficar em hotel ou optar por um aluguel com a Airbnb em Buenos Aires.

Nossa principal dica é que procure opções de hospedagem que sejam de fácil acesso durante sua estadia, preferencialmente em uma avenida ou próxima dela, por uma questão de segurança.

 

 

 

Airbnb em Buenos Aires: mais dicas

 

novo-fluence-2015[1]

Se você pretende fazer passeios turísticos com agências que buscam e deixam nos hotéis, procure hospedar-se dentro da zona de transfer como o Centro, San Telmo, Puerto Madero e Recoleta. Embora a maioria dos transfers não inclua imóveis alugados em seu roteiro, fica mais fácil e rápido deslocar-se para o ponto de encontro.

 

 

Airbnb em Buenos Aires: fique perto do metrô

 

metrô_em_Buenos_Aires_mapa

Algo muito importante a levar em consideração é o acesso ao transporte público, especialmente o metrô. Ficar próximo a alguma estação de metrô pode facilitar muito a sua vida. O metrô em Buenos Aires é muito fácil de usar.  São seis linhas espalhadas pela cidade de muito fácil acesso e praticidade. AQUI escrevemos um post especial sobre os metrôs de Buenos Aires. Acesse e saiba mais!

 

 

Airbnb em Buenos Aires: utilize os ônibus

 

Airbnb em Buenos Aires_09

 Os ônibus em Buenos Aires rodam 24 horas por dia e nesse site do Governo da Cidade você pode verificar como chegar aos locais que deseja. Veja AQUI. E neste outro POST contamos tudo que você precisa saber antes de pegar um táxi na cidade.

 

 

Airbnb em Buenos Aires: como funciona

 

Airbnb 2

O Airbnb funciona como uma rede social. Para alugar você precisa criar um perfil, assim como os proprietários do imóvel. As transações são feitas diretamente entre inquilino e anfitrião, sem intermediários. A navegação é fácil, as fotos merecem cuidado especial (muitas vezes o próprio site oferece fotógrafos profissionais para produzir as imagens) e as informações básicas estão todas lá – e o que não estiver você pode perguntar diretamente ao proprietário.

 

 

Airbnb em Buenos Aires: como funciona

 

Airbnb em Buenos Aires_reserva

Mas para alugar nem sempre depende só da disponibilidade do imóvel. Você pode simplesmente não ser aceito como inquilino se o proprietário assim o quiser. Quem é novato na plataforma, sem um histórico que sirva de base para uma boa avaliação por parte do proprietário, pode ser difícil conseguir aprovação na primeira tentativa. Mas não desista! Uma hora dá certo!

Além disso, você vai ver que alguns imóveis têm a opção chamada instant book, em que a reserva é aprovada automaticamente se há disponibilidade para as datas solicitadas. Mas isso só nos imóveis em que o anfitrião decidiu ativar essa opção. Para os novatos isso facilita bastante.

 

 

Airbnb em Buenos Aires:

tipos de aluguel e pagamento

 

Airbnb em Buenos Aires_11

O Airbnb em Buenos Aires trabalha com dois tipos de locação: você pode optar por alugar um imóvel inteiro ou pode dividi-lo com o proprietário. Muitas pessoas preferem a segunda opção porque têm interesse em experimentar de perto a cultura local.

O pagamento é feito em reais e pode ser debitado na conta nacional do seu cartão de crédito ou por meio de boleto. Uma vez fechada a transação, você recebe todos os dados necessários, como o endereço do imóvel, o email e o telefone do anfitrião. E aí já pode combinar como faz para receber e devolver as chaves.

 

Se está planejando sua viagem a Buenos Aires te recomendamos BAIXAR NOSSO APLICATIVO com dicas, lista de restaurantes, hotéis e passeios, se inscrever em nosso CANAL DO YOUTUBE com vídeos e dicas semanais e nos SEGUIR NO INSTAGRAM para acompanhar nossos posts direto de Buenos Aires.

 

Leia Mais:

Onde se Hospedar em Buenos Aires – Dicas e informações

Onde se Hospedar em Puerto Madero: 4 Incríveis Hotéis

Onde se Hospedar em Recoleta – Os Melhores Hotéis

By |2018-02-21T16:04:55+00:00outubro 27th, 2017|Categories: Blog, DORMIR + BAIRROS|Comentários desativados em Airbnb em Buenos Aires: hospedagem alternativa

About the Author:

Adriana Albuquerque
Piauiense de nascimento, cearense de coração e casada com um portenho, Adriana adotou Buenos Aires há 9 anos. Ela é formada Comunicação Social e mãe de uma adolescente e de um filho pequeno. Uniu-se à equipe da Aguiar para produzir posts para o blog e hoje é a nossa redatora mais ativa. Provavelmente você já leu e anotou uma dicas que ela passou. Apaixonada pelo Brasil, aprendeu a amar também Buenos Aires. Já não pode viver sem mate, o chimarrão local. Adora ler, comer e viajar.